Sistema Excretor

Publish in

Documents

5 views

Please download to get full document.

View again

of 32
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Share
Description
Prof. Ms . Gustavo B. Propst. Sistema Excretor. Sistema Excretor. Funções: Controla a concentração de líquidos no interior do corpo  OSMORREGULAÇÃO Elimina substâncias prejudiciais resultantes do metabolismo  EXCRETAS NITROGENADAS
Transcript
Prof. Ms. Gustavo B. PropstSistema ExcretorSistema Excretor
  • Funções:
  • Controla a concentração de líquidos no interior do corpo  OSMORREGULAÇÃO
  • Elimina substâncias prejudiciais resultantes do metabolismo  EXCRETAS NITROGENADAS
  • Colabora com a manutenção de um meio interno constante e compatível com a vida (HOMEOSTASE)
  • Produtos Excretados
  • Água:
  • Não é tóxica, mas o excesso ou falta causam desequilíbrios osmóticos, assim como os sais minerais
  • Eliminada pela urina, epiderme (suor) e pulmões (vapor)
  • Gás carbônico
  • Eliminado pela expiração e pela epiderme
  • Cuidado:
  • Restos de comida eliminados pelas fezes NÃO SÃO PRODUTOS DE EXCREÇÃO.
  • Esse termo é usado somente para a eliminação de substâncias que antes passam pelo interior das células – resíduos do metabolismo celular
  • Produtos Excretados
  • EXCRETAS NITROGENADAS
  • Provenientes do metabolismo principalmente de aminoácidos e nucleotídeos - alimentação rica em proteínas
  • AMÔNIA (NH3)
  • URÉIA
  • ÁCIDO ÚRICO
  • Urina  mistura dos três, mas normalmente uma delas predomina (depende do animal e da quantidade de água disponível para ele no meio)
  • AMÔNIA (NH3)
  • Bastante tóxica, mas muito solúvel em água
  • Peixes ósseos, invertebrados aquáticos, larvas de anfíbios  MUITA ÁGUA DISPONÍVEL
  • Diluição e eliminação da amônia, sem danos às células
  • AMONIOTÉLICOS
  • URÉIA
  • Para eliminar amônia, animais terrestres teriam que gastar muita água  desidratação
  • Anfíbios adultos, minhocas, tartarugas, tubarões e mamíferos: amônia é convertida em uréia no fígado
  • Menos tóxica, pode ser eliminada concentrada, com menor quantidade de água (10x menos)
  • UREOTÉLICOS
  • ÁCIDO ÚRICO
  • Embriões de ovíparos terrestres (répteis, aves, insetos e moluscos)  não conseguem eliminar as excretas pela casca do ovo (amônia é muito tóxica para ficar acumulada dentro do ovo)
  • Conversão da amônia em ácido úrico, que é menos tóxica e insolúvel em água  interior do ovo.
  • Adultos continuam a excretar ácido úrico: ECONOMIA DE ÁGUA (5x menos que a uréia)
  • Répteis e aves a eliminam na forma pastosa, junto com as fezes pela CLOACA
  • ÁCIDO ÚRICOSistema Excretor Humano
  • Rins são os principais órgãos de excreção
  • Formados por unidades chamadas NÉFRONS
  • Os rins filtram o sangue, eliminando as substâncias tóxicas e reabsorvendo o que ainda é útil ao organismo
  • Água, glicose, vitaminas, sais minerais...Sistema Excretor Humano
  • Sangue chega pela artéria renal (ramo da aorta descendente), que se ramifica em arteríolas
  • Após filtrado, o sangue sai dos rins pelas veias renais, voltando à veia cava inferior
  • Sistema Excretor Humano
  • A urina formada é enviada para a BEXIGA URINÁRIA através dos URETERES, onde será acumulada (200 a 300ml)
  • A eliminação para o exterior se dá pela URETRA
  • Funcionamento Renal
  • NÉFRON - 1 milhão de néfrons em cada rim – UNIDADE FUNCIONAL
  • No néfron ocorrem a FILTRAÇÃO, a REABSORÇÃO e a SECREÇÃO
  • Cápsula de BowmanArteríola aferenteGloméruloFuncionamento Renal
  • Filtração:
  • Sangue chega até a CÁPSULA DE BOWMAN através da arteríola aferente, onde esta se “emaranha” em um GLOMÉRULO
  • A pressão do sangue expulsa água e moléculas dissolvidas, como o NaCl, moléculas orgânicas simples e uréia para a cápsula.
  • Células sanguíneas e proteínas (macromoléculas) não passam para a cápsula  tamanho
  • Forma-se um líquido chamado FILTRADO GLOMERULAR, muito semelhante à urina, mas com substâncias ainda úteis que NÃO PODEM SER ELIMINADAS DO ORGANISMO!!!
  • Funcionamento Renal
  • Reabsorção de moléculas úteis
  • Substâncias presentes no filtrado glomerular são ainda úteis para o organismo (glicose, água, sais minerais...)
  • Reabsorvidas para o sangue através do TÚBULO RENAL para a rede de capilares que o envolve (capilares peritubulares)
  • TÚBULO CONTORCIDO PROXIMAL: Parte inicial do túbulo renal
  • Transporte ativo de glicose, aminoácidos e parte dos sais de volta para o sangue
  • Sangue fica muito concentrado de sais  reabsorve a água passivamente por osmose
  • ALÇA DE HENLE: Parte intermediária
  • Continua a reabsorção de água e de sais
  • TÚBULO CONTORCIDO DISTAL: Parte final
  • Reabsorção ativa de glicose e sais, além de água, caso ainda seja necessário
  • Túbulo Contorcido ProximalTúbulo Contorcido DistalDucto ColetorAlça de HenleFuncionamento Renal
  • Urina formada:
  • 95% água
  • 2% uréia
  • 1% cloreto de sódio
  • 2% outros sais e produtos nitrogenados como ácido úrico, amônia e creatinina
  • A urina vai ao ducto coletor e é enviada à bexiga urinária para acumulação e posterior eliminação
  • Controle da excreção
  • Em um dia, todo o sangue do corpo (4 a 6l) é filtrado cerca de 60x
  • Formação de 180 LITROS de filtrado glomerular
  • 99% desse volume é reabsorvido para o sangue 1 a 2l de urina por dia
  • Grande economia de água: concentração de excretas e uréia de um dia em apenas 1 a 2 litros de urina
  • Importante valor adaptativo para os animais terrestresControle Hormonal da Excreção
  • A quantidade de água reabsorvida varia com as necessidades do organismo
  • Pouco água disponível (dias quentes, suor excessivo...)
  • Neurohipófise secreta o hormônio ADH (anti-diurético)
  • Aumenta a reabsorção de água no túbulo renal
  • Menos água é perdida pela urina (menor volume e mais concentrada)
  • Muita água disponível
  • Menor produção de ADH
  • Água é pouco reabsorvida e a urina é eliminada em grande volume e mais diluída
  • A ALDOSTERONA (produzida pelas adrenais) também auxilia na reabsorção de água por reabsorver o sódio (água vai “junto” com o Na)
  • Controle Hormonal da ExcreçãoRelação: Cor da urina x desidrataçãoControle Hormonal da Excreção
  • Álcool inibe a produção de ADH
  • Efeito diurético das bebidas alcoólicas
  • Outros diuréticos:
  • Café, chás, refrigerantes (cafeína)  Inibem a reabsorção de sódio e aumenta a taxa de filtração, aumentando a produção de urina
  • Controle Hormonal da Excreção
  • DIABETES INSIPIDUS:
  • Distúrbio hormonal em que há falha na secreção de ADH pela hipófise
  • Pouquíssima reabsorção de água nos túbulos renais, levando a produção e eliminação excessiva de urina (grandes volumes e bem diluída)
  • Muita sede para compensar a perda de água
  • Perigo de desidratação severa
  • Controle da Pressão Arterial realizada pelos rins
  • Quando a pressão arterial diminui existem dois mecanismos renais para aumentá-la:
  • 1. ADH aumenta a reabsorção de água para o sangue2. Rins produzem um hormônio chamado RENINA
  • Renina transforma ANGIOTENSINOGÊNIO (proteína no sangue) em ANGIOTENSINA I e esta é convertida em ANGIOTENSINA II que faz:
  • Constrição das arteríolas, secreção de ALDOSTERONA e reabsorção de sódio (água vai junto por osmose)
  • Aumento da pressão arterialProblemas no sistema urinário
  • CÁLCULOS RENAIS:
  • Calcificação de sais na urina formando pequenas “pedras”
  • Cálculos pequenos saem naturalmente com a urina
  • Cálculos maiores podem obstruir e ferir as vias urinárias, levando a fortes dores  cirurgia ou litotripsia
  • Baixa ingestão de água pode aumentar a chance de formação de cálculos pela concentração dos sais
  • Problemas no sistema urinário
  • Infecções:
  • Glomerulonefrite (rins)
  • Lesões nos glomérulos permitem a passagem de hemácias para o filtrado  sangue na urina
  • Uretrite (uretra)
  • Cistite (bexiga)
  • Exames de urina auxiliam no diagnóstico de várias doenças, além de identificar drogas (antidoping) e outros produtos do metabolismo
  • Exemplo: glicose na urina é diagnóstico da 0diabetes mellitus (não há glicose na urina de pessoas saudáveis)
  • Problemas no sistema urinário
  • Hemodiálise:
  • Recurso para pessoas que estão com as funções renais prejudicadas e esperam por um transplante
  • Máquina filtra o sangue e devolve ao paciente. Esse processo dura em torno de 4 horas e precisa ser realizado 3x por semana
  • Problemas no sistema urinário
  • Transplante
  • Problemas osmóticos no meio aquáticoÁgua doceÁgua salgadaProblemas osmóticos no meio aquáticoGlândulas nasaisProblemas osmóticos no meio aquáticoUrina ConcentradaProblemas osmóticos no meio aquáticoRato Canguru

    Next Document

    CRM

    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks