CICLO III - MEDIUNIDADE

Publish in

Documents

28 views

Please download to get full document.

View again

of 30
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Share
Description
CICLO III - MEDIUNIDADE Ediçãoconsultada: 34a. Ed. (2007) 1a. Ed. 1954 11/2012 - Sandra Benetti CONTEÚDO DOUTRINÁRIO ANDRÉ LUIZ, com sua abençoada perspicácia,…
Transcript
CICLO III - MEDIUNIDADE Ediçãoconsultada: 34a. Ed. (2007) 1a. Ed. 1954 11/2012 - Sandra Benetti CONTEÚDO DOUTRINÁRIO ANDRÉ LUIZ, com sua abençoada perspicácia, dedicou esta obra inteiramente à mediunidade, com isso ofertando-nos a visão “do Céu para a Terra”, em contraponto à visão “da Terra para o Céu”. buscando compreender cada vez mais os fatos da alma humana — muitos deles, na verdade, ligados ao intercâmbio dos dois Planos — , vem compreendendo as sublimes nuanças da mediunidade. CIÊNCIA KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA CONTEÚDO DOUTRINÁRIO (cont.) Vida e Morte, berço e túmulo, experiência e renovação, nada mais são do que simples etapas seqüenciais do progresso espiritual, expressando-se, pujantes, num “hoje imperecível”. Na verdade, nossa mente é o nosso endereço e nossos pensamentos são as nossas criações de luz e sombra, de liberdade ou escravidão, de paz ou tortura. Dessa forma, a orientação aqui exposta para uma próspera vivência dos fenômenos mediúnicos, para cada médium e para toda a Humanidade, repousa na vivência dos ensinos de Jesus, inscritos na consciência e no coração de cada um de nós, médiuns ou não... VIDA E MORTE KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA RAIOS, ONDAS, MÉDIUNS, MENTES … Nessa belíssima introdução feita por Emmanuel, ele nos encaminha numa viagem na história da ciência no que diz respeito a MATÉRIA nos mostrando como evoluímos na conceituação da matéria. QUÍMICOS E FÍSICOS GEÔMETRAS MATEMÁTICOS SACERDOTES DO ESPÍRITO Chico e Emmanuel LABORATÓRIOS TEMPLOS: INTELIGÊNCIA À SERVIÇO DE DEUS “O FUTURO PERTENCE AO ESPÍRITO” KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA RAIOS, ONDAS, MÉDIUNS, MENTES … Em vários pontos, cita o papel da Ciência na jornada evolutiva do Espírito e explica: a Ciência, buscando compreender cada vez mais os fatos da alma humana — muitos deles, na verdade, ligados ao intercâmbio dos dois Planos — , vem compreendendo as sublimes nuanças da mediunidade. Chico e Emmanuel “Cadamédium com a suamente” “Cadamente com seusraios, personalizandoobservações e interpretações” “A cadaqualsegundosuasobras” KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 1 – Estudando a mediunidade André Luiz, Hilário e dezenas de outros Espíritos, num curso rápido de ciências mediúnicas, assistem à palestra do Instrutor Albério, que esclarece ser a mente a base de todos os fenômenos mediúnicos. Na família terrena, que é a própria Humanidade, agimos e reagimos uns sobre os outros, através da energia mental em que nos renovamos constantemente... Assim, criamos, alimentamos e destruímos formas e situações, paisagens e coisas, com o que estruturamos nossos destinos. A mente é um núcleo de forças inteligentes que geram sutil plasma, o qual, ao exteriorizar-se, oferece recursos ao que pensamos. No mundo mental do agente um eventual recipiente pode interpretar os pensamentos recebidos, limitando-os à sua capacidade. “Vibrações compensadas” (RESSONÂNCIA PSÍQUICA), ao contrário, exprimem valores mentais de qualidades idênticas. Ao médium compete elevar seu padrão, pelo estudo e prática de virtudes, para só assim recolher mensagens das Grandes Almas. KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 1 – Estudando a mediunidade(cont.) MENTE = PARTE DO SER ESPÍRITO CORPO MENTAL – REVESTE A MENTE, ASSIM COMO O PERÍSPIRITO REVESTE O ESPÍRITO (EvoluçãoEntre doisMundos – A. Luiz) pensamento Mente (usinageradoradavontade do espírito) Idéia – forçainteligente) Ganha forma e direção LEI DE AFINIDADE 1 – Estudando a mediunidade(cont.) VIBRAÇÕES COMPENSADAS As "vibraçõescompensadas" a que se refere o benfeitorAlbériosão a sintonia, a ressonânciapsíquicaexistente entre doisseresquenutrempensamentosdamesmanatureza. interdependência MÉDIUM ESPÍRITO COMUNICANTE Na sendaevolutiva, osespíritos se adiantamemgruposque se afinizam, unsauxiliandoosoutros a progredirem, orareunidosna carne, ora no mundoespiritual. Para o exercíciodamediunidade, o médiumnãopode se esquecerdanecessidade do auto-aperfeiçoamento, através do estudodoutrinário e daprática dos ensinamentosevangélicos.Semisso, corre o risco de se envolveremcompensaçãovibratória com espíritos de baixaevolução, quesomenteutilizarãoseus dotes mediúnicosparacriardificuldades e fazer o mal. 2 – O PSICOSCÓPIO Especializando conhecimentos sobre mediunidade, A.Luiz e Hilário recebem do Assistente Áulus a descrição de um aparelho pequeno e leve, na forma de uma pasta, denominado “psicoscópio”. Esse aparelho possibilita identificar as vibrações da alma e observar a matéria, tudo isso sem grande concentração mental. Com ele, os Espíritos classificam, de imediato, as possibilidades de um médium ou de um grupo mediúnico, segundo as radiações que projetam: a moralidade, o sentimento, a educação e o caráter. A mente é um núcleo de forças inteligentes que geram sutil plasma, o qual, ao exteriorizar-se, oferece recursos ao que pensamos. No mundo mental do agente um eventual recipiente pode interpretar os pensamentos recebidos, limitando-os à sua capacidade. “Vibrações compensadas”, ao contrário, exprimem valores mentais de qualidades idênticas. Ao médium compete elevar seu padrão, pelo estudo e prática de virtudes, para só assim recolher mensagens das Grandes Almas. 2 – O PSICOSCÓPIO (CONT.) Dentreoutraspossíveisfinalidades, vemos, nestaobra, a suautilização num grupomediúnico, com o objetivo de, analisando a personalidade de seusintegrantes, medir-lhes as reaispossibilidades de trabalho. Funciona à semelhança de aparelhosexistentesna Terra, como o estetoscópio, o eletroencardiógrafo, osraios X, dentreoutros. Estes aparelhos, usadospelamedicinaterrena, revelam o estadoorgânico do paciente; do ponto de vista fisiológico, permitindo o acesso a informaçõesinacessíveissenãoatravés deles. O psicoscópio, damesma forma, tem essecaráterrevelador e impede queostrabalhadoresenvolvidos no serviçomediúnico, tantoosmédiunscomoosespíritoscomunicantes, ocultem ou dissimulemseussentimentos e suasintenções. KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 3 – EQUIPAGEM MEDIÚNICA É feita apresentação dos médiuns que formam o grupo mediúnico no qual A.Luiz e Hilário irão permanecer em estágio de aprendizado, sob assistência de Áulus. A “ficha psicoscópica” demonstra a natureza dos pensamentos do Espírito focalizado. É esclarecida a importância do cérebro, onde se concentram todas as manifestações da individualidade, a governar as ações oriundas dos estímulos da alma, a partir dos pensamentos. É citado o perigo que ronda os médiuns que se julgam donos de recursos espirituais que não lhes pertencem. KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 4 – ante o serviço Os expositores evangélicos (de todas as religiões) são comparáveis a técnicos eletricistas, a desligar “tomadas mentais” de encarnados e desencarnados, através das suas boas palavras contendo princípios libertadores na esfera do pensamento. Por isso, são alvo de Espíritos vampirizadores que a eles se opõem ferreamente, às vezes, provocando sono nos ouvintes... Espíritos necessitados trazidos à reunião apresentavam lesões perispirituais (mutilações, ulcerações, paralisias). Há descrição de dois casos sobre hipnotismo e obsessão: o primeiro, ligado a vigorosa sugestão pós-hipnótica (gerando amnésia) e o segundo, versando sobre força hipnotizante (acatamento de sugestão de maldição e conseqüente concretização dessa maldição). KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 4 – ante o serviço(CONT.) Turvação mental foi a expressão de que se serviu o instrutorÁulusparadefinir o estadoemque se apresentaramosnumerososespíritosquecompareceramnareuniãomediúnicanarradanestecapítulo. Eramparentes, amigos e desafetos dos encarnadosquelá se encontravam, todosmantendo um padrãovibratório inferior e emacentuadoestado de perturbação. Encontravam-se ligadosaosencarnadosporsintonia, queosvinculavamagneticamente. KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 4 – ante o serviço(CONT.) Vampirização é a açãoatravésdaqual um espírito de baixonível de evoluçãoimanta-se a outro, encarnado ou desencarnado, com o objetivo de sugar-lhesubstância vital. Dá-se porsintoniamagnética, comoemtodoprocessoobsessivo. Os casosmaisfreqüentessãoosmotivadospordesregramentos no uso de alimentos, alcoólicos, fumo e aténaprática sexual. Os espíritosvampirizadoresfazemuso de suasvítimascomoinstrumentoparalhespropiciar a satisfação de seusdesejos, aspirando as emanaçõesfluídicasquedecorrem das práticasmencionadas. KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 4 – ante o serviço(CONT.) REUNIÃO PÚBLICA REUNIÃO MEDIÚNICA Já as reuniõesmediúnicas, emregra, devem ser reservadas, pois é indispensávelumaidentidade de propósitos entre seusparticipantes. Entidadespertubadorasdevem ser trazidasparareceberem o esclarecimentodoutrinárioquepoderátirá-lasdaquelacondição. Mas o grupomediúnicodeve ser homogêneoparapoderlidar com elasconvenientemente. Noscasos de obsessão, o esclarecimentodoutrinárioque é prestadonasreuniõespúblicasda casa espíritapode romper o vínculomagnéticoqueune as duaspartes, indispensável à instalação do processo. 5 – ASSIMILAÇÃO DE CORRENTES MENTAIS “O jato de forçasmentais do IrmãoClementinoatuousobre a organizaçãopsíquica de Silva, como a correntedirigidapara a lâmpadaelétrica. Apoiando-se no plexo solar, elevou-se aosistemaneurocerebrino, comoenergiaelétricadausinaemissoraque, atingindo a lâmpada, se espalha no filamentoincandescente, produzindo o fenômenodaluz.” COEFICIENTES DE FORÇA ONDA MENTAL KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 6 – psicofoniaconsciente A psicofonia é descrita de forma simples, qual processo de enxertia neuropsíquica. O médium “empresta” seu órgão vocal e possibilidade das sensações, mas permanece no comando firme da vontade, limitando caprichos e excessos, mantendo dessa forma a dignidade do trabalho caridoso e do próprio recinto. A açãodo Espírito se dáatravésda alma do médium; masnãodesloca ou substitui a alma do médium, comunica-se dominando-a através do pensamentoO médium, nessassituaçõestêmconsciência do queexprimeatravés das palavras, sendoque o pensamentoparaelevaisurgindo à medidaqueinicia a comunicação, o médiumconscienteiráagircomo um intérprete do pensamento do Espíritocomunicante, e paratantoteráquecompreender e apropriar-se dele para o transmitirfielmente. KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 7 – socorroespiritual Este capítulo se constitui em preciosa aula de como doutrinar um Espírito sofredor e irônico. É descrito o processo de regressão de memória (no Plano Espiritual), com ajuda de uma tela (de um metro quadrado, aproximadamente) formada de gaze tenuíssima. Queprocedimentodeveter um doutrinadordiante de um comportamentorebelde de um irmãoobsessor?R: Nãosóosdoutrinadoresmasqualquerum de nós, devemoscompreenderque a rebeldia - geralmenteexpressaatravés de palavrasgrosseiras, violentas - escondeumadorprofunda, umamágoaintensa, umainsatisfaçãogrande, àsvezesconsigomesmo. Entenderisso é o primeiropassopara a compreensão, e, a compreensão (quenãodeve ser confundida com aceitação) é o procedimentocorretodiante de um comportamentorebelde. KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 7 – socorroespiritual(cont.) O aparelho se denomina “condensador ectoplasmático” e funciona sob apoio dos médiuns. As cenas vistas pelo protagonista — o Espírito necessitado — são também percebidas intuitivamente pelo doutrinador, possibilitando-lhe o amparo adequado. O aparelhofoidenominadoporÁuluscomosendo um "condensadorectoplasmático", ou sejacondensa (tornamaisdenso, mais "material") o ectoplasma (que é a energiaemitidapeloscomponentesencarnadosdareunião, energiaessaaindaemestudo). Os nomesvariam (Áulusporexemplotambém o chama de "raios de força"), mas o queobtemos do estudo de váriostextos é que o ectoplasma é umaenergiatípica dos seresorgânicos, mais ou menosabundamentenosencarnados, e que, manipuladapelosespíritostécnicos do assunto, é usadaprincipalmenteemfenômenos de efeitosfísicos. KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 7 – socorroespiritual(cont.) Qual é o fatorimportantepara o êxito do seufuncionamento? Porque?R: Embora o ectoplasmasejaumaenergia "física", ela é extremamentesutil e sofreenormeinfluência do estado mental, físico e psicológicodaqueleque a irradia. Istosignificaqueospensamentosaumentam ou diminuem a "qualidade" do material ectoplasmáticoemitido. Assim, a harmonia de pensamentodaequipe de encarnados, bemcomo a exteriorização de seussentimentos e comportamentosinfluencia no funcionamento do aparelho. Numaanalogia simples, sentimentosmenosdignos, vícios, falta de harmoniaatuamcomo se a tela de cinema apresentassefuros, manchas, rasgos, movimentosaleatórios, queprejudicassem a projeção do filme. 8 – psicofoniasonambúlica Foi trazido à reunião mediúnica um Espírito infeliz que há mais de dois séculos permanecia estagnado no egoísmo e apegado aos bens materiais. A psicofonia é um tipo de mediunidadeemque o espíritocomunicante se utiliza dos órgãosfísicos do médiumligadosaoscentros de forçaresponsáveispelafala, exteriorizando, atravésdapalavra, o seupensamento. A psicofoniasonambúlica, comovimos, é aquelaque se dá com o médiumemestado de sonambulismo. Emancipado de seucorpofísicoporefeitodesseestado, o médium dele se afasta, permitindoque o comunicante se apodere e o utilize como se neleestivesseencarnado. KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 8 – psicofoniasonambúlica(cont) No casodamediunidadeque se manifestaemestadosonambúlico, a falta de moralidade do medianeiropodeter um resultadoaindamaisdesastroso, pois o médiumentrega o equipamentomediúnicoaoespírito. Como únicamaneira de influenciar a comunicação, resta a suaascendência moral, pois, emboradesprendido do corpo e sempoder de atuaçãosobreele, o médiumpermanecepresenteemespírito e, sendoevolutivamente superior aocomunicante, a natural hierarquia moral quevige no mundoespiritualpermitealgumavigilânciaquantoaouso do aparelhomediúnico. KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 9 – possessão Vemos aqui a inconveniência da presença na reunião mediúnica de pessoas necessitadas, principalmente as epilépticas. Nesses casos, geralmente ocorrem crises de epilepsia, por possessão espiritual, que é detalhada neste capítulo. Tal crise, que pela medicina terrestre é um ataque epiléptico, contudo, para o Plano espiritual, é considerada No caso focalizado neste capítulo, quando o um “transe mediúnico de baixo teor”. Espírito obsessor é admitido na reunião ocorre grave crise orgânica no obsidiado. KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 9 – possessão A possessão,comoumainfluênciaespiritualnegativamaisgrave que a obsessão, manifesta-se quandoduasmentesemdesequilíbrio se imantampelaforça do ódiorecíproco e passam a atuarcomo se fossemumasó.. O transemediúnico, quandoistoacontece, estácaracterizado, comoesclarece a André Luiz o instrutorÁulus. KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 10 – sonambulismotorturado Novamente se confirma a inconveniência de encarnados obsidiados assistirem à reunião mediúnica. Neste capítulo, com a chegada do Espírito perseguidor, a mulher perseguida (encarnada), presente, começa a gritar, transfigurada, contorcendo-se em pranto convulsivo, tendo a respiração sibilante e opressa. Torna-se evidente o perigo que tais acontecimentos podem representar para o encarnado, além do potencial desequilíbrio que tende a colocar em risco o clima vibratório da reunião mediúnica. A ajuda ao encarnado necessitado será produtiva com o seu encaminhamento às palestras evangélicas, à recepção de passes, ao engajamento em atividades assistenciais, ao estudo doutrinário constante e principalmente, por preces e auto-reforma. KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA 10 – sonambulismotorturado(cont.) No casopresente, aocontrário, a obsidiadanão se afastou de seucorpofísico, comoesclarece o instrutorÁulus. Elaagiaporsiprópria, a contorcer-se emprantoconvulsivo e a expressar o pensamento do obsessor. Nãotendohavido o domínio do corpofísico, o quecaracterizaria a possessão, podemosclassificarcomo de subjugação o tipo de obsessãoocorrido, queconsiste no domínio moral do obsidiado, controlando-lhe a vontade. 10 – sonambulismotorturado(cont.) Como explicaÁulus, quando se encontra sob a ação do obsessor, a obsidiada tem o seucérebroporeleinvadido e diversas de suaspartesdesestruturadas, ficandoemestado de hipnoseprofunda e perdendo o controledamáquina cerebral. Com suascélulasemcompletodesalinho, o cérebrodeixa de exercer as funçõespara as quais é dotado, dentreelas o registrodamemória. Alémdisso, estando com a menteperturbadapeladominaçãoobsessiva, sequerconsegueperceber o queacontece à suavolta, nãotendocomoguardarosfatosnamemória. KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA Reflexão
  • Elevemosnossopadrão de conhecimentopeloestudobemconduzido (…) A mediunidadenãobastaporsisó.
  • KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA Bibliografiacomplementar
  • “NosDomíniosdaMediunidade” - Andre Luiz / Chico Xavier
  • “O Livro dos Espíritos “– Allan Kardec
  • “O Livro dos Médiuns “– Allan Kardec
  • “Estudando a Mediunidade” de Martins Peralva
  • “Diálogo com a Sombras” de Hermínio C. de Moraes
  • Médiuns e Mediunidades de Divaldo P. Franco
  • Websites:
  • http://www.institutoandreluiz.org/sinopse_nosdominiosdamediunidade.html
  • http://www.cvdee.org.br/(clique emSerie Andre Luiz / NosDominiosdaMediunidade)
  • KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA KSSF - KARDECIAN SPIRITIST SOCIETY OF FLORIDA
    Related Search
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks